Esta página web usa cookies

A sua localização é Mozambique.

Progresso para a Sapa no Q4

A Sapa melhorou o seu EBIT subjacente no quarto trimestre de 2016, comparado com o mesmo período do ano passado.

O aumento dos lucros da Sapa foi impulsionado por uma maior quota de negócios com mais-valias, em linha com a estratégia da Sapa, assim como melhorias internas contínuas. O quarto trimestre de 2015 sofre o impacto negativo de efeitos não operacionais.

O EBIT subjacente de 2016 melhorou comparado com 2015, movido pela estratégia de mais-valias e uma posição de custos melhorada para a Extrusion Europe, assim como, uma restruturação bem-sucedida na Building Systems e Precision Tubing. Os resultados da Extrusion North America foram estáveis, apesar de dificuldades operacionais e alguns mercados mais fracos.

A dívida remunerada líquida no final de 2016 cifra-se em cerca de NOK 0,1 biliões, uma queda de aproximadamente NOK 1,8 biliões no final de 2015.

Desenvolvimento do mercado

Na América do Norte, a procura de produtos extrudidos aumentou em 1,9 porcento, comparado com o mesmo trimestre do ano anterior. Comparado com o trimestre anterior, a procura diminuiu 8,2 porcento devido à sazonalidade. Para o total do ano, a procura norte americana por produtos extrudidos cresceu 2,1 porcento em relação a 2015. Este aumento foi impulsionado por edifícios mais altos, construção e uma forte procura do setor automóvel, que compensou o segmento de transportes que está mais fraco.

Na Europa, a procura de produtos extrudidos aumentou em 1,3 porcento, comparado com o mesmo trimestre do ano anterior. Comparado com o trimestre anterior, a procura diminuiu 7,3 porcento devido à sazonalidade. Para o total do ano, a procura na Europa por produtos extrudidos cresceu 1,5 porcento em relação a 2015. Este aumento deve-se principalmente pela forte procura no setor automóvel e transportes, e uma ligeira melhoria no mercado da construção.

Prevê-se que a procura por produtos extrudidos aumente sazonalmente no primeiro trimestre de 2017.

Desenvolvimento no Q4 em relação ao Q3

O EBIT subjacente para o quarto trimestre decresceu, comparado com o trimestre anterior, principalmente devido à sazonalidade da procura de mercado, que é mais baixa.